Arquivo da categoria: Uncategorized

Férias com Jesus! Ah, que bom!

Imagem

Ah, que bom! Neste mês de julho de 2012, parei um pouquinho par sair com minha esposa, curtir um tempo juntos, conhecermos lugares e pessoas. Que tempo bom! Sem a agonia e corre-corre do dia mas, apenas com praia, sol e água, muita água!

Pudemos, durante este tempo, conhecer numa distinta ilha de Belém, um simpática senhora, dona de uma pousada e amistosa demais. Conhecemo-na de maneira simples e bastante comunicativa. Ah, esse tempo nesta ilha foi tão bom pra descansar e até arriscamos dormir numa rede fora da casa onde estávamos. Que frio! A noite realmente estava bem legal, no friozinho dormindo com minha “costela” hehehhe.

Minha esposa, Rocivana, é bem aventureira como eu. Gostamos de viver intensamente nossos dias de juventude, amando, brincando, fazendo amizades, e vivendo a vida boa que nosso bom Senhor nos deu.!

Mas, durante nosso tempo naquele lugar, lendo alguns “posts” de amigos, acabei encontrando um que me chamara a atenção, devido ao título de férias com Jesus. vale a pena ler.

Deus abençoe vcs e curtam nossa page do Ministério Voltados Para Ti no Face: http://www.facebook.com/ministeriovoltadosparati e nos adicionem na Página do MVT também e fique sabendo das últimas novidades do Voltados.com no Facebook: http://www.facebook.com/voltadosparati. Abração!

MAC

Férias para Jesus, com Jesus ou sem Jesus?

Deus, que bom, não tira férias. Poderoso e invencível, não se cansa, não se fadiga, não cochila, não vacila, não adoece, não envelhece, não se esgota. Por isso Ele é o nosso pastor do Salmo 23 e, uma vez nEle, de nada temos falta.

E quanto a nós? Sem exceção, precisamos de férias. Nossas energias e reflexos são limitados, sempre que estão próximos de acabar, clamam por descanso. Deus, desde a criação, antes de qualquer ameaça de pecado, nos presenteou com o necessário princípio do descanso. Entre os evangélicos, pelo menos três tipos de férias se tornaram constantes.

Vale a pena refletirmos

Férias para Jesus. Com nobre objetivo, muitos dedicam suas férias para trabalhar em algum campo missionário ou em projetos semelhantes, sempre com o foco de difundir o evangelho. Tais atividades podem acontecer aqui ou no exterior. Alguns anos atrás, lembro de ter recebido um e-mail com o seguinte pedido: Pastor, ore por mim, pois vou dedicar estas férias para Jesus, vou trabalhar todo o período no país tal, com a igreja tal, ore por mim, obrigada. Li, dobrei os joelhos e orei. Um bom texto para inspirar as Férias para Jesus seria o de Mateus 6.33: Buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.
Imagem

Férias com Jesus. Igualmente nobre. Deveria ser a prática e o desejo de todo cristão. Férias com a família, os amigos, os parentes. Na praia, no campo, no navio, no ônibus, no avião, na simples pensão, no belo hotel ou na casa de queridos. Não importa qual seja o estilo e o modelo, o que importa é a firme consciência de que Jesus está junto nas férias. Quero ir, quero conhecer pessoas e lugares, quero realizar sonhos, mas só se for com Jesus. Um bom versículo para nos fazer pensar na importância de sempre reconhecer a presença de Jesus, seria I Coríntios 10.12: Aquele pois que cuida estar em pé, olhe não caia.

Férias sem Jesus. Aqui se instala a sutileza do perigo. Inicialmente, nenhum cristão planeja tirar férias sem Jesus, algo como deixá-lo propositalmente de lado. Os ideais do coração querem oferecer férias para e com Jesus. O problema é que Jesus é invisível e os encantos das novas pessoas e novos lugares são bem visíveis, perigosamente visíveis. Enchem os olhos e seduzem os corações. Assim, sem que se perceba, boas intenções de férias para e com Jesus, transformam-se em férias sem Jesus. Cuidado, o texto que pode se encaixar aqui deveria piscar como luzes de alerta todos os dias diante dos olhos da nossa alma, são os versículos 23 e 24 do Salmo 139: Sonda-me, ó Deus, e conhece o meu coração; prova-me, e conhece os meus pensamentos; e vê se há em mim algum caminho mal, e guia-me pelo caminho eterno.Imagem

Lembra do e-mail que citei acima, das Férias para Jesus? Pois é, foi lá, em terra estranha, longe da segurança simples da família e da igreja, que aquela irmã solteira junto com um pastor casado traíram muito mais do que a confiança dos seus, traíram o Jesus para o qual tinham a intenção de ofertar suas férias. As férias para e com, tristemente se tornaram férias sem Jesus. Casos assim confirmam uma doída verdade: as férias terminam, mas os problemas causados pelos pecados persistem, deixam marcas, feridas, traumas.

Jesus perdoa aquele que sinceramente se arrepende? Evidente que sim. Renova? Sim. Dá novas chances? Sim, sim e sim. O dilema são os processos carregados de dramas existenciais, culpas, pesos e fardos que sistematicamente acusam, intensificando a vergonha e a humilhação. Por favor, entenda, férias sem Jesus nos colocam em lutas pessoais e internas, embora queiramos transferir a culpa para organizações, pessoas, esquemas, enfim, para os outros, no final, cedo ou tarde, o reconhecimento chega, quando acabamos por admitir que a enorme parcela da responsabilidade por sofrimentos e perdas é nossa. Para clarear a mente, olhemos para Davi. Foi perdoado? Foi. Os dilemas da vida arrasada pelos próprios pecados, no entanto, ficaram registrados em cada dor e etapa dos processos de cura que se seguiram.

Toda vez que saímos de férias, minha esposa fica uns vinte minutos angustiada no carro, tentando lembrar o que esquecemos em casa. Até que ela lembre o que foi, a angústia não passa. As vezes é uma escova, um carregador de celular, uma blusa, essas coisas. E sempre, acredite, alguma coisa a gente esquece. Jesus não é coisa, amuleto, objeto, guru. Ele é Deus, Senhor e Salvador. Jamais pode ser esquecido por aqueles que confessam o seu nome. Lembre-se: Férias para e com Jesus, sempre. Férias sem Jesus, nunca.

pr. Edmilson Mendes

Voltados Para Ti em Macapa/AP

Sobre Mim.

Olá Pessoal! Meu nome é Nilson, sou Web Designer e Trabalho na Área Administrativa da Kayros Gerenciadora de webSites.

Toco alguns instrumentos sendo esses o violão, o baixo, bateria( sou baterista desde criança) e percursionista e ainda toco flauta e um pouco de teclados e dou aulas; ensino canto, violão e flauta para algumas pessoas tmb. Falo fluentemente o inglês e o espanhol, mas entendo bem o francês e um pouco de Hebraico tmb.

Esse é o meu Blog Oficial.

Aqui também serão editados atos e fatos sobre meu trabalho, estudos e pessoas da sociedade e daquelas com o qual trabalho e ainda, da minha querida Icoaraci.

Obrigado por sua visita, volte sempre que puder e não esqueça de comentar.

Deus abençoe!

Nilson Marcos [ mailto: nilsolnmarcos@hotmail.com]

Consultor em Tecnologia da Informação

UNIP – Universidade Paulista – Belém

OBS.: Vários dos estudos e Notícias aqui postados são também de outros Blogs de amigos então, de suas inteiras responsabilidades.

Músicas belas, corações hipócritas!

“E ele (Jesus), respondendo, disse-lhes: Bem profetizou Isaías acerca de vós, hipócritas, como está escrito: Este povo honra-me com lábios, mas o seu coração está longe de mim” (Marcos 7.6).

No texto de Marcos 7.6, constatamos que os fariseus cometiam o pecado do legalismo. Isto quer dizer que eles substituíam com palavras e práticas externas as atitudes internas requeridas por Deus oriundas do “novo nascimento”. Eles falavam palavras sábias e agiam como pessoas justas, mas sua motivação não partia do desejo sincero de obedecer e agradar a Deus. Neste episódio, os fariseus foram chamados hipócritas, isto é, atores, fingidos religiosos, dissimulados. Era assim que Jesus freqüentemente os considerava.

Ainda nos falta sensibilidade e discernimento para detectarmos o terrível erro do legalismo dentro de nossas igrejas. Se olharmos atentamente para os nossos atos de adoração, constataremos sem empecilhos a presença de exageros, mentiras, declarações inconseqüentes etc. Um bom começo é olhar as músicas que estão sendo cantadas. Já foi dito que as canções que entoamos nos cultos são por demais fantasiosas. Muitas falam de coisas que dificilmente serão postas em prática. São promessas que não serão cumpridas, declarações que não são verdadeiras, pedidos que não representam a vontade de Deus etc. Vamos citar um clássico exemplo. Responda-me com sinceridade: Você poderia viver perfeitamente o que a música abaixo o força a prometer?:

Eu nunca desanimarei, Eu nunca deixarei de confiar em Ti, Sempre estarei em oração Senhor, Minha fé nunca será abalada…

Será que quando um cristão canta esta música, ele está ciente das lutas, tribulações e dúvidas que enfrentará? Será que o cristão continuará firme em oração até o final de seus dias? Será que manterá a promessa de persistir em oração por toda a sua vida? Outro exemplo:

Vivemos em total comunhão, Aqui não existe mágoa, rancor, tristeza, Porque somos totalmente unidos, No amor de Cristo…

Será que estamos preparados para entoar canções como estas em nossas igrejas, sem que um ou outro irmão cante de forma enganosa? Será que realmente não existe mágoa ou tristeza no Corpo de Cristo? Vivemos realmente em total comunhão?

Caro leitor, vale dizer que o problema maior não é as músicas que cantamos, mas a vida que levamos. Isto porque em muitas ocasiões nossa vida não sustenta as palavras que cantamos, ou o sermão que pregamos. É aí que mora o perigo; é aí que está o real problema.

Evidentemente creio que fazemos isto não porque desejamos conscientemente enganar a Deus. Contudo, às vezes falamos a Deus aquilo que achamos que ele quer ouvir, e não o que realmente está em nosso coração. Sem dúvida alguma isso é um tipo de engano. Por isso estes questionamentos acima são extremamente sérios e devem ser tratados com atenção e reflexão. Não estou dizendo que devemos parar de cantar tais tipos de músicas, mas digo que devemos ensinar e ajudar nossos irmãos a viverem os ensinamentos cristãos que estamos cantando.

Às vezes, quando cantamos, oramos ou pregamos, estamos fazendo promessas a Deus sem perceber. Contudo, muitas dessas promessas nunca serão cumpridas. Quantas delas já foram esquecidas? Neste ponto devemos tomar cuidado! Quando lemos o livro de Deuteronômio, vemos que Deus não se agrada deste tipo de atitude:

Quando fizeres algum voto ao Senhor teu Deus, não tardarás em cumpri-lo; porque o Senhor teu Deus certamente o requererá de ti, e em ti haverá pecado. (Deuteronômio 23.21)

O capítulo 30 de Números deixa claro que Deus requeria do seu povo o cumprimento das promessas feitas a Ele. Deus fez os israelitas verem a seriedade de um voto ou promessa, e mostrou que a falsidade, a mentira e a hipocrisia não têm lugar entre o Seu povo. Que esta lição possa valer para nós atualmente!

Um abração em Cristo Jesus
Ramon Tessmann
http://www.ramontessmann.com.br
ramon@vidanovamusic.com

Maravilhoso! Deus é Fiel!

Maravilhoso!

 DSC09987

Foi incrível sábado, dia 10/10/2009, no pré lançamento das canções do Ministério Voltados Para Tí.

 O evento contou com a presença de bandas e ministérios amigos como MÃO NO ARADO (JURUNAS), PORTAS ABERTAS(BENGUI), MINISTÉRIO VIVER PARA CRISTO, LARA / LUCAS E BANDA, KERLEN E BANDA, BANDA TOQUE SAGRADO, BANDA PLANUS, PATRICIA E BANDA que também que na ocasião apresentaram suas músicas próprias e músicas conhecidas do público gospel.

Na comemoração ao 138º aniversário de Icoaraci não podiam faltar presentes e o tradicional Parabéns pra você entoado pelo MVT.

 Na ocasião foram apresentadas ao público canções inéditas como “Ressuscita minha Geração”, “Mais Alto Monte”, “Jesus vive!”, “Vem Restaurar” e “Sol da Justiça”, esta última que finalizou a noite profetizando  vida, graça, unidade e salvação sobre o Distrito de  Icoaraci, sobre Belém, sobre a nação brasileira.

 O público, até às 23:00 ainda aguardava o término da festa que foi abrilhantada pela alegria e simpatia das pessoas que alí se encontravam.

 “Não havia momento mais propício para pré lançar algumas canções”, disse um dos integrantes do MVT, “ainda que com alguns atrasos e falhas técnicas, mas foi muito bom e o mais diferente de todos os eventos já participados, uma experiência única! O nome do Senhor foi glorificado, foi exaltado!”, finaliza.34

 O tempo contribuiu muito para que tudo ocorresse bem, não houve chuva e o clima continuou estável pelo resto da noite. ”

“Estivemos pela tarde no local para verificar equipamentos e fazer alguns retoques finais”, comenta um dos músicos.

 A festividade, apresentada por Salomão Reis,(MC) Mestre de Ceremônias, teve o apoio da Agência Distrital de Icoaraci, Studio Fonte de Luz, Zé Francisco/João Machado, Consultório Odontológico Drª Ana Claudia Silva, Arena Deus é Fiel, Fabrica Santa Maria, Restaurante Na Telha, Supermercado Rocha’s, Auto escola PAULISTA, Banda AGNUS DEI, Laboratório PRÓ ANALISYS, Produtos CHARME WAY(Pastor Leonidas), Óticas ELSHADAY.

37 Agradecemos à todos que nos prestigiaram naquela noite e mostram para conosco carinho e apreço, que Deus possa abençoar cada um de vocês com toda a sorte de bençãos nas regiões celestiais.

Equipe de Mídia do MVT

Assessoria@voltados.com

As 4 Leis Espirituais!

 

Assim como há leis físicas que governam o universo, há também leis espirituais que governam nosso relacionamento com Deus.

VOCÊ JÁ OUVIU FALAR DAS
QUATRO LEIS ESPIRITUAIS?

1 Primeira
Lei
Deus ama você e tem um plano
maravilhoso para sua vida
.
O AMOR DE DEUS
” Pois Deus tanto amou o mundo que deu o seu Filho unigênito para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna.” (João 3:16)O PLANO DE DEUS
Cristo afirma: “Eu vim para que tenham vida, e a tenham plenamente” (uma vida abundante e com propósito). (João 10:10)Por que a maioria das pessoas não está experimentando essa “vida abundante”? Porque… 

2 Segunda Lei

 

 

 

 

O homem é pecador e está separado de Deus; por isso não pode conhecer nem experimentar o amor e o plano de Deus para sua vida.

O HOMEM É PECADOR 
“Pois todos pecaram e estão destituídos da glória de Deus…” (Romanos 3:23)

O homem foi criado para ter um relacionamento perfeito com Deus, mas por causa de sua desobediência e rebeldia, escolheu seguir o seu próprio caminho, e seu relacionamento com Deus  desfez-se. Este estado de independência de Deus, caracterizado por uma atitude de rebelião ou indiferença, é evidência do que a Bíblia chama de pecado.
O HOMEM ESTÁ SEPARADO
“Pois o salário do pecado é a morte…” (separação espiritual de Deus) (Romanos 6:23)
  

Deus é santo e o homem é pecador. Um grande abismo separa os dois. O homem está continuamente procurando alcançar a Deus e a vida abundante através dos seus próprios esforços: vida reta, boas obras, religião, filosofias, etc. 
A Terceira Lei nos mostra a única resposta para o problema dessa separação…
 

 

3 Terceira
Lei
Jesus Cristo é a única solução de Deus para o homem pecador. Por meio dele você pode conhecer e experimentar o amor e o plano de Deus para sua vida.
ELE MORREU EM NOSSO LUGAR
“Mas Deus demonstra seu amor por nós pelo fato de ter Cristo morrido em nosso favor, quando ainda éramos pecadores.” (Romanos 5:8)ELE RESSUSCITOU DENTRE OS MORTOS
“Cristo morreu pelos nossos pecados… foi sepultado e ressuscitou ao terceiro dia, segundo as Escrituras… e apareceu a Pedro e depois aos Doze. Depois disso apareceu a mais de quinhentos…” (1 Coríntios 15:3-6)ELE É O ÚNICO CAMINHO
“Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai, a não ser por mim.” (João 14:6) 

 

Deus tomou a iniciativa de ligar o abismo que nos separa Dele ao enviar seu Filho, Jesus Cristo, para morrer na cruz em nosso lugar, pagando o preço dos nossos pecados.
Mas não é suficiente conhecer essas três leis…
 

 

4 Quarta
Lei
Precisamos receber a Jesus Cristo como Salvador e Senhor, por meio de um convite pessoal. Só então podere- mos conhecer e experimentar o amor e o plano de Deus para nossa vida.
PRECISAMOS RECEBER A CRISTO
“Contudo, aos que o receberam, aos que creram em seu nome, deu-lhes o direito de se tornarem filhos de Deus.” (João 1:12)RECEBEMOS A CRISTO PELA FÉ
“Pois vocês são salvos pela graça, por meio da fé; e isto não vem de vocês, é dom de Deus; não por obras, para que ninguém se glorie” (Efésios 2:8-9)RECEBEMOS A CRISTO POR MEIO DE UM CONVITE PESSOAL
Cristo afirma: “Eis que estou à porta e bato. Se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei…” (Apocalipse 3:20)Receber a Cristo implica arrependimento, significa deixar de confiar em nossa capacidade para nos salvar, crendo que Cristo é o único que pode perdoar os nossos pecados. Não é suficiente crer intelectualmente que Jesus é o Filho de Deus e que morreu na cruz pelos nossos pecados ou ter uma experiência emocional. Recebemos a Cristo pela fé, através de uma decisão pessoal.
Estes dois círculos representam dois tipos de vida:

 

 

VIDA
CONTROLADA PELO “EU”

O “EU”  no centro da vida.

CRISTO  do lado de fora da vida.

Ações e atitude controladas pelo “EU “, resultando em discórdias e frustrações.

 

VIDA CONTROLADA POR CRISTO

CRISTO no centro da vida.

O “EU”  fora do centro.

Ações a atitudes controladas por CRISTO, resultando em harmonia com o plano de Deus.

Qual dos dois círculos representa melhor sua vida?
Qual deles você gostaria que representasse sua vida?

Gostaria de explicar como você pode receber a Cristo. 

VOCÊ PODE RECEBER A CRISTO AGORA MESMO EM ORAÇÃO
(Orar é falar com Deus).Deus conhece seu coração e está mais interessado na atitude do seu coração do que em suas palavras. A oração seguinte serve como exemplo: “Senhor Jesus, eu preciso de Ti. Eu Te agradeço por ter morrido na cruz pelos meus pecados. Abro a porta da minha vida e Te recebo como meu Salvador e Senhor. Obrigado por perdoar os meus pecados e me dar a vida eterna. Toma conta da minha vida e faça de mim o tipo de pessoa que desejas que eu seja.”

Esta oração expressa o desejo do seu coração?Se for assim, faça esta oração agora mesmo e Cristo entrará em sua vida, como prometeu.  

Agora que você recebeu a Cristo…

 

 

“Milhões de exemplares deste artigo já foram distribuídos em todo o mundo e traduzidos em muitos idiomas. Como resultado, dezenas de milhares de pessoas já fizeram a maravilhosa descoberta de um relacionamento pessoal com Deus, o que se tornou possível pelo dom do seu Filho Unigênito, Jesus Cristo. Nossa experiência é que a maior parte das pessoas, quando entende como fazê-lo, deseja se tornar cristã.”A Cruzada Estudantil e Profissional para Cristo (CEPC) deseja que a mensagem contida neste artigo tenha a mais ampla distribuição possível. Por esta razão, este artigo em forma de folheto poderá ser adquirido por qualquer indivíduo ou organização que deseje usá-loO folheto “As Quatro Leis Espirituais” foi escrito pelo Dr. Bill Bright
® 1965,1995 Campus Crusade for Christ. Todos os direitos reservados.Versão para Internet, incluindo gráficos, copyright ® 1995 da Campus Crusade for Christ International. Todos os direitos reservados. Perguntas e sugestões serão sempre bem vindas. portugues@greatcom.org ou Cruzada Estudantil e Profissional para Cristo, Brasil: cepc@sti.com.br
 

 


INFORMAÇÕES  ADICIONAIS

O artigo “Quem é Jesus?” e as “Quatro Leis Espirituais” foram escritos pelo Dr. Willian R. Bright, Presidente-fundador da Cruzada Estudantil e Profissional para Cristo. O folheto das “Quatro Leis Espirituais” está disponível em forma de folheto e “Quem é Jesus” está disponível em formato de mini-revista.
 

CRUZADA ESTUDANTIL E PROFISSIONAL PARA CRISTO

D
esejamos que a mensagem contida neste folheto tenha a mais ampla distribuição possível. Por esta razão, este folheto poderá ser adquirido por qualquer indivíduo ou organização que deseje usá-lo. A Cruzada Estudantil e Profissional para Cristo é um movimento cristão inter-denominacional com ministérios nacionais em mais de 172 países, cobrindo 98% da população mundial.

Você pode comprar o folheto das “Quatro Leis Espirituais”, a fita de vídeo do Filme “JESUS” ou outros materiais no endereço abaixo:

Caixa Postal 41.582
05422-970, São Paulo-SP
Fone: (011) 5071-1326
ou

mande um e-mail solicitando a lista de preços

Se você mora nos Estados Unidos entre em contato através do telefone 1-800-235-7255

ou escreva para:

Campus Crusade for Christ International
P.O. Box 593684
Orlando, FL 32859

 

© 1995-2003 Cruzada Estudantil e Profissional para Cristo

%d blogueiros gostam disto: