Tamanho nem sempre fala em saúde. Acorda Igreja!

DesviadoTamanho nem sempre fala em saúde.

A causa predominante de morte hoje em dia é enfarte de coração. E a primeira razão das pessoas terem problemas com seus corações é a obesidade. Podem ser grandes (muitos são), e é bem provável que suas vidas vão ser mais curtas e menos saudáveis do que seus amigos mais magros. Tamanho nem sempre fala em saúde. Infelizmente a igreja não acredita nisso. Tudo tem a ver com tamanho do seu prédio e tamanho da sua congregação. Nisso, vale lembrar que as igrejas que tem mais membros têm também mais desviados saindo delas. Vamos fazer uma festa? Uma alma ganha e perdida não vale nada em eternidade.

“Quantos membros você tem na sua igreja?”
“Quantas células?”
“Quantos jovens têm na sua reunião de jovens?”

Misericórdia! Bla, bla, bla. Quem se importa? Eu te falo quem se importa: homens. Homens que vivem contando números porque acham seu valor em quantas ovelhas cegas eles conseguem colocar dentro do seu rebanho. É quem ele é. É a sua identidade. É o que o leva a dormir ou não durante a noite.

Mas se a marca de um grande líder de sucesso é somente conseguir pessoas para seguir, então nós devemos sair nessa hora e procurar uma foto do Adolf Hitler para colocar no espelho para motivação. Ele conseguiu fazer uma nação inteira seguir e lutar por ele, e muitos morreram. Quantos seguidores você tem na sua igreja? Garanto que é menos que Hitler tinha na Alemanha. E será que eles estão dispostos a morrer por ti? É ruim.

Vamos acordar e ver que esse papo banal e cheio de atitudes soberbas é: pecado. Vamos parar com aquela conversa de: “Meu pai é mais forte do que seu pai”. Vamos crescer um pouco. Números não mostram nada, independente da ilusão que eles criam. Muitas pessoas que falam coisas erradas e odeiam Deus tem multidões seguindo eles. O mundo é a prova maior de que as pessoas preferem seguir os erros, mas o Cristianismo é prova maior de que a maioria não quer saber da Verdade. Se você está procurando uma multidão para validar sua vida e a verdade, cuidado.

Uma vez um homem estava batendo papo com um pregador bem conhecido e eles estavam conversando sobre “pregar” e “ganhar almas”. O homem perguntou ao pregador famoso: “Quantos almas você tem ganhado no seu ministério?”, e o pregador respondeu: “Nenhuma.” Incrédulo, o primeiro perguntou, “Mas, quantos anos você tem no seu ministério?”, e o pregador respondeu: “40”. “40? E nenhuma alma?”. Sem dizer nada, o homem ficou lá pensando em que fracasso era esse pregador. Como é que um pregador não pôde ganhar nenhuma alma em 40 anos? E por que ele era famoso? Que vergonha ele deveria ser para sua família. E bem durante os seus pensamentos, criticando esse homem de Deus, a mãe do pregador o chamou: “Jeremias, está na hora de comer!”

Deus não mede sucesso como os homens o fazem. Sucesso no mundo (e nas igrejas) é medido por quanto dinheiro você tem, sua profissão, sua influência, sua casa e seu carro. Sucesso, aos olhos de Deus, é medido pela fidelidade que você tem com o que Ele te deu pra fazer, independente de quanto você está ganhando ou quantos estão te seguindo ou te vendo. Jeremias não tinha nada, nem um convertido, mas garanto que a recepção dele no céu era nada menos do que grandiosa. Por 40 anos ele obedeceu a Deus sem ver fruto, simplesmente sendo obediente. Tente isso!

Já pensou no motivo que nós só publicamos livros daqueles que tem milhares de membros em suas igrejas, e fazemos tudo para comprar eles e copiar, somente para ver depois que nossas igrejas quase não crescem? Que desperdício. Vai correr atrás do vento que é a mesma coisa! Que ilusão pensar que uma visão pode dar crescimento (Deus não trabalha com franquias religiosas). É Deus que dá crescimento e Ele, obviamente, não dá para todos. Mais uma vez: Deus não mede sucesso através de números. Se fosse assim, Jesus também era um fracassado, pois no fim ninguém ficou com ele, e isso depois de três anos e meio de ministério. Coitadinho dele.

Deus mede sucesso através de obediência, fidelidade e justiça. Nosso alvo não deve ser quantos, mas se eu estou fazendo tudo que Deus me pediu. Nosso alvo não deve ser “sucesso” em si, que é soberba sem máscara, mas agradar a Deus com um coração voltado a Ele, fiel e obediente.

Na verdade, essa questão de números é um ego solto e sem freio. Quantos líderes de jovens, depois de ouvir quantos jovens um irmão tem na sua igreja, voltam pra casa, e quase cai em depressão e pensam em pular do teto da casa? Meu amigo, eu já vi cada culto de jovens lotado de pessoas, mas vazio da presença de Deus, e também já vi cada culto de jovens com 30, que teve um mover louco rolando. Um é considerado sucesso, razão de escrever um livro; o outro um pesadelo, e razão de comprar o livro do outro. Se quiser simplesmente números, isto é fácil, convida o “pop-star” evangélico do dia e sua igreja vai lotar. E se Jesus volta, não se preocupe, o evento vai continuar, pois a maioria da galera vai ficar; você não vai perder quase ninguém, e este é o maior medo dos líderes hoje em dia. Até seria uma exceção à igreja que não ia ter culto no domingo depois da volta de Jesus. Só espero que alguns pastores faltem.

Sua igreja está crescendo?

• Você gostaria de ver 931.335 batismos na sua igreja num ano só? Os Adventistas do Sétimo Dia viram isso.
• Você gostaria ver um crescimento de 52% durante oito anos (de 4.3 milhões para 10.4 milhões)? Os Mórmons viram isso entre 1990 e 1998.
• Os testemunhos de Jeová batizaram 28.683 novos membros no Brasil durante 2005. E sua igreja batizou quantos?
• Wicca viu um crescimento de 140% num ano na Austrália.

Sua igreja está crescendo?

Quer comparar estatísticas? Você vai perder. Tamanho nem sempre fala em saúde! Infelizmente as seitas estão crescendo bem mais rápidas do que as próprias igrejas evangélicas. Então acho que isso deve servir de exemplo para a futilidade e atitudes infantis de líderes querendo falar sobre quantos membros têm em suas igrejas, numa tentativa imatura de ganhar o respeito de um outro líder. Até quando Deus vai agüentar os líderes imaturos olhando para a igreja como se fosse algo dele e um motivo para se gloriar? Cuidado, gordinho, se seu coração não der enfarte, ele pode se endurecer enquanto você corre atrás dos aplausos e reconhecimento dos homens.

A pergunta não deve ser: “Quantos membros você tem na sua igreja?”, mas sim: “Sua igreja tem a presença de Deus nela?”

Jeff

Sobre Nilson MAC Ribeiro

Eu amo Jesus! Eu e minha casa serviremos ao Senhor!

Publicado em maio 27, 2009, em Adoração, crente, Crente Velho, diferenca, Icoaraci, Igreja, Jovens, Louvor, Ministerio, PIBI, Redes e marcado como . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: